sexta-feira, 7 de junho de 2013

1º Encontro Nacional de Blogueiros e Ativistas em Redes Sociais da Saúde

Uma marco na historia da comunicação em saúde.


Sr Ministro, não dá mais para ignorar os blogueiros não é mesmo?
Infelizmente, por diversos contratempos não estarei presente, depois de passagens compradas surgiu um evento no colégio do Igor, cancelei as passagens e de ultima hora o evento foi adiado e aí o valor da passagem de volta não cabia no meu bolso, mas tenho certeza que outros virão.

O Igor ia fazer um passeio viagem com o colégio, 2 dias, e não poderia me ausentar do Rio nesses dias, ficaria mas perto caso surgisse alguma eventualidade.

Ha tempos venho pensando em como a comunicação informal tem sido ignorada, quantos belos trabalhos tem sido ignorados por quem deveria apoiar e promover.

E não pense que isso é só por parte do governo não, as associações voltadas ao bem estar têm o mesmo comportamento.
Muitas vezes nós pedimos orientações, apoio, queremos mesmo passar alguma informação relevante que recebemos através do blog, e nada...

Somos respeitados como formadores de opinião apenas com quem lucra com a saúde, ou melhor a ausência dela, a industria farmacêutica, algumas até mantem a ética e respeitam a distancia devida entre fabricante e paciente, mas outras... só Jesus na causa!!!

Este blog cresceu mais do que eu imaginava, e eu fui crescendo com ele, hoje busco me aprimorar academicamente em comunicação em saúde nas redes sociais, porque tenho a certeza, embasado em tudo que tenho estudado, dentro da maior instituição de saúde do Brasil chamado FioCruz, que essa maneira de lidar conosco, diabéticos e familiares de diabéticos esta toda errada. E em nada vai adiantar nos ignorar, tentar menosprezar o que escrevemos, porque sabemos, com autonomia de nossas necessidades e anseios, e representamos o pensamento de muitas, muitas pessoas por esse mundo afora.

Este blog não tem a intensão de substituir, nem atrapalhar atendimentos médicos, me preocupo com o que aqui escrevo, não sou a dona da verdade, mas construo, junto com os leitores, a necessidade de informações claras, algumas coisas são importantes e imprescindíveis para nós, é a nossa necessidade de saber, de ter respostas, reformular perguntas... Ignorar isso não é nada inteligente... não na era da informação.

Vem o dia mundial do Diabetes, e o que teremos para as nossas crianças? Que tipo de conscientização será feita em relação ao diabetes tipo 1? Crianças estão morrendo sem diagnostico? Crianças estão tendo diagnósticos traumatizantes? O que esta sendo feito em relação a isso? Nós queremos saber! Não vai acontecer com meu filho, ja aconteceu, mas eu queria que não acontecesse mais com criança alguma... Não tem segundas intensões, é por humanismo este desejo.

Eu queria saber porque médicos plantonistas não sabem identificar e nem tratar cetoacidose diabética? Eu queria saber a quantidade de menores de 18 anos com diabetes no Brasil? Por que estatísticas apenas para maiores de 18 anos? E por isso não me assusto em não ter nada relativo as crianças com diabetes, rola uma vez ou outra, reportagens, tentam vitimar algumas criancinhas, mas esclarecimento que é bom, não rola. Ações educativas voltadas para a faixa etária de menores de 18 anos, não rola, existe sim, muito assistencialismo.

Há uma enorme lacuna entre o consultório medico e o paciente, um vazio que precisa ser preenchido com urgência para não dar lugar a negação, abandono, negligencia, descontrole e sequelas.
O Rio de janeiro É CAMPEÃO em amputações por diabetes, é culpa do paciente? É cruel demais culpa-lo, eu sei o sacrifício que é ter acesso a medicamentos, insumos, um pouquinho menos de informação e você não consegue e quando não tem acesso a educação, uma boa equipe medica, e nem a tudo que precisa para controlar a glicemia adequadamente, isso inclui alimentação, qual o prognostico?

Eu falo de diabetes, mas amanhã, juntos, estarão blogueiros que falam de câncer, artrite reumatoide, autismo, fibromialgia, hepatite C, esclerose múltipla, entre outras doenças cronicas ou raras, e pessoas que falam de saúde, apenas saúde, isso é quase um sonho, blogueiros sendo conscientizados do sua responsabilidade com a informação, blogueiros ganhando visão e voz.

Eu só desejo que seja pra nós, blogueiros, um divisor de águas, que a partir desse evento, comecem realmente mudanças, mudanças que nós leve a construção de um sistema de saúde justo e igualitário.

E se o Ministro concorda que promovemos saúde, só tenho que aplaudir.

Bom encontro pra todos os presentes!!!


Um comentário:

  1. Oi Sarah, pena vc ñ estar lah para nos representar!!!

    ResponderExcluir